sexta-feira, fevereiro 16, 2018





Todo o caminho é sinuoso
Nada da vida é linear
Em tudo o que fazes
Encontras escolhas
Cruzamentos cegos
Sem Luzes a iluminar
E fazes a escolha certa
Para aquele momento
Certo que é aquele
O trilho a trilhar
E vais caminhando
Pé ante pé
E tudo muda ao teu olhar
Até o caminho que
Tinhas certo
É agora um outro lugar
É esta hora de voltar a escolher
Outro caminho para trilhar
Engalanar o passado
Com orquídeas e rosas
E renovar a vida
Para a celebrar.


Manuel F. C. Almeida

Sem comentários: