segunda-feira, março 24, 2014














Os amantes vivem
No brilho do olhar
E no silêncio
De uma estrela
Que dá luz  
Ao verbo amar



Manuel F. C. Almeida