quarta-feira, novembro 17, 2010


Já ia alto o sol
Quando me conheci.
Não ouvi sons,
Nem acordei as aves.
Fixei-me num ponto
Obscuro do horizonte
E deliciei-me com
A memória das memórias
Coladas a mim.
Em uníssono a tarde caiu
E deixei de me reconhecer
Só a luxúria de outros corpos
Me permite resgatar quem sou.

Manuel F.C. Almeida
fotoABrito

3 comentários:

maria_arvore disse...

Muitos parabéns pelo 6º aniversário deste teu «Avec le temps» :)

(e o FB caput?)

sagher disse...

obrigado Maria. Por agora nem sei, começo a achar o FB uma ferramenta estranha, é tudo tão rápido, tão sem conteudo ( ALÉM DE ACHAR AQUILO TREMENDAMENTE FASCISTA E HIPÓCRITA). Ando a pensar no que fazer em relação ao fb.

MC disse...

Em relação ao FB estamos de acordo.