quarta-feira, julho 15, 2009















Os sonhos
E o tempo
Mudaram-me
O rosto.
Gosto,
Das lágrimas
E das cascatas
Do rio.
Sorri,
Ao manto
Leve
Da morte.
A sorte,
De encontrar
Um trevo
De mar.
Amar,
Um corpo
De mulher
Obtusa.
Musa,
De boca
Com lábios
De rosa.
Prosa,
Feita com
Rima;
Um dia
Será
Poesia.

Manuel F. C. Almeida


foto:DDiArte

3 comentários:

filipa disse...

gostei muito do jogo de palavras.
poesia... isso corre-te nas veias!


beijo*

ana margarida disse...

lindíssimo!

Paula Raposo disse...

Já é poesia!