sábado, março 10, 2007
















Eu fui ao outro lado do mundo
Vi estrelas novas no céu
E vi no espelho de uns olhos
O reflexo do meu “eu”

Agora sei que no mundo
Há outros que são como eu
Gente que sabe o que quer
O teu mundo é também meu.

Por isso não mais estarei só
Tu estás aqui a meu lado
Plantei uma flor no teu peito
Na boca, um beijo adiado.

MANUEL F.C. ALMEIDA

4 comentários:

Maria Papoila disse...

Não acredito que tenhas encontrado esta música. Fez-me voltar aos meus ...15, 16? por ai...
Isto não se faz.

sagher disse...

maria. foi ums deusa linda que me mostrou isto. ainda há deusas por ai sabes? e eu, eu sou um homem que a sorte bafejou. fui tocado por uma. a mais bela as deusas. a deusa do charme. uma senhora.

Maria Papoila disse...

Fico feliz por ti. Afinal sempre há cura para o amor!

sagher disse...

nao minha amiga, não há cura para esse maldição. o amor é na verdade uma maldição. quem ama sem medo. quem se entrega todo sempre, e eu só sei amar assim, acaba sempre por estar só. a pretenção de que os outros sintam a mesma intensidade é apenas isso, uma pretenção. mas ainda assim prefiro viver amaldiçoado a ter sentimentos, que viver uma maldição pior: não amar.