quinta-feira, novembro 16, 2006

amigos obrigado

















Tenho recebido nos últimos tempos provas e mensagens de amizade como nunca pensei receber. Umas genuínas outras nem tanto. Umas que provêm da beleza das pessoas, outras que apenas mostram o quanto egoísmo se estende por ai. Umas que nada pedem em troca outras que me pedem o mundo, me pedem a minha pessoa, enquanto algo passível de ser utilizado apenas como suporte para a consciência. Nem a todas tenho respondido, julgo que a quase nenhuma. No entanto agradeço a uns e a outros. E agradeço porque ser amigo implica muita coisa. Implica que acima de tudo o sejamos de forma incondicional. E se a umas eu nada tenho a apontar, a outras peço desculpa mas não poderei mais responder. Vive-mos sempre a aprender alguma coisa com os degraus da nossa escada. Tenho-me como alguém que vai aprendendo e que nunca fecha os olhos ao mundo, que retira de cada minuto que vive uma pequenina parte dessa coisa enorme que é a vida e o meu caminho. Por isso também sei viver e terei de o fazer com as minhas decisões. Algumas há que são dolorosas mas que são escolhas nossas, temos de saber decidir e arcar com as consequências. Ganhar um amigo é tão difícil como ganhar a lotaria, e quem os tiver será sempre muito rico. Perder um amigo, ou deixar o seu convívio é pois por isso algo tão doloroso como perder a alma. Porque no amigo que se vai, fica sempre um pouco do que somos. Mas como já devem ter percebido, sou humano, tenho defeitos (muitos) e virtudes (talvez poucas) por isso meus amigos nem a todos direi presente.

3 comentários:

Alice disse...

Deixo um abraço carinhoso a uma pessoa que é, no mínimo, corajosa, generosa, sincera e sobretudo... muito humana.

Desejo-te tudo de bom...

isaura disse...

Os amigos são aqueles que nos dizem a verdade, mesmo que esta nos doa ... por isso há tão poucos.
Sê feliz.

sagher disse...

alice, sempre com a ducura de uma pessoa gentil, obrigado,
isaura minha querida tens toda a razão. amigos sao quem nos olhos nos olga e nos diz o que pensa. mesmo que isso magoe, o olhar esse reconpensa,