sábado, dezembro 11, 2004

Neruda

Eu queria escrever-te versos
Tristes como a noite to you
Mas Neruda já o fez

Queria ter palavras novas,
símbolos, frases
Que te arrebatassem e te
Aproximassem de ti mesma

Mas não tenho as formas.

Os conceitos que expressam
Isto
Terão de inventados.
Retirados do mundo mágico
Da paixão e colocados
Ao serviço do amor.

Eu queria escrever-te versos
Tristes como a noite.
Mas não sei

2 comentários:

antonio disse...

Sagher, muito bonito.

Um abração do
Zecatelhado

notanymore disse...

Neruda também não o sabia..e fê-lo como ninguém :)